segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O METODO PSICOGENÉTICO (Fundamentos)

O Professor Lauro de Oliveira Lima chamou de "psicogenético" o método que criou a partir das teorias piagetianas. Nele, o processo pedagógico modifica-se sucessivamente, de acordo com o estádio de desenvolvimento mental (psicogênese).  O aluno é que determina como o professor deve apresentar as situações didáticas, pois, em cada estádio de desenvolvimento, ele  tem uma maneira diferente de aprender (esquemas de assimilação). A alfabetização, por exemplo, pode iniciar-se desde a mais tenra idade, se apresentarmos o material de leitura de acordo com os processos mentais que o aluno esta construindo naquele momento. O processo didático segue as seguintes linhas fundamentais:
a) todo  "conteúdo"  ou "lição" é apresentada em forma de  situação-problema, que deve ser resolvida pelo aluno (apelo a inteligência);
Prof. Lauro de Oliveira Lima
b) toda "solução de problema" é resolvida em grupo, para que os alunos se estimulem, mutuamente, e aprendam a cooperar (comportamento moral e afetivo);
c) o aluno deve sempre "tomar consciência" dos mecanismos de que utilizou para realizar a atividade proposta (a "tomada de consciência" substitui o que se chamava antigamente, de "fixação da aprendizagem" permitindo o aluno compreender como funciona a mente);
d) os resultados são apurados observando os mecanismos mentais usados pelos alunos e não pelas performances e/ou acertos (o erro revela os mecanismos em jogo no comportamento dos alunos).
Então como trabalhar com o método psicogenético? Mudando o ponto de vista do professor. Neste método quem trabalha são os alunos. O professor não fala: deixa que seus alunos falem através da dinâmica de grupo. O professor é um grande planejador que deve ter todos os conteúdos encadeados, para que o
conhecimento  aconteça.
Neste método, o melhor professor de uma criança é a outra, que acabou de aprender. Deixe que seus alunos falem. Ponha todos em circulo para que todos vejam todos. As técnicas de Dinâmica de Grupo são muitas e devem ser do conhecimento do professor orientador.
Beta

Um comentário:

Nelson Neto disse...

É um imenso orgulho poder fazer parte desta família de educadores. Pois é assim que me sinto ao ser verdadeiramente ACOLHIDO por esta escola. Acreditem! Ainda há respeito pela inteligência das crianças!!!! Parabéns e muito obrigado!
Nelson (pai da Ananda, Nina e Mel)